Postado em 30 de Outubro de 2017 às 10h06

7 truques para uma dieta eficaz (e realmente saudável)!

Alimentação (80)
Dr. Bem Estar - Seu Portal de Saúde! Existe a dieta dos sumos, do ovo, do guerreiro e até de emergência para noivas. A verdade é que estão sempre a surgir novas dietas e são várias as pessoas que as...

Existe a dieta dos sumos, do ovo, do guerreiro e até de emergência para noivas. A verdade é que estão sempre a surgir novas dietas e são várias as pessoas que as seguem, à procura de resultados rápidos e milagrosos. Em comum têm o facto de serem demasiado restritivas e uma manutenção mais complicada. Traduzindo, quando a dieta acaba desistimos e ganhamos os quilos perdidos (ou até mais).

Embora a palavra “dieta” remeta para comer de forma mais contida ou para uma relação com um contexto cultural específico, atualmente é vista apenas como uma forma de perder peso e conseguir o corpo perfeito num curto prazo de tempo.

De acordo com a nutricionista Tatiana Cunha, nutricionista na cadeia de ginásios Holmes Place, as carências nutricionais são imensas, já que acabamos por restringir o consumo de nutrientes essenciais para o organismo. Em casos graves, isso pode provocar cansaço, queda de cabelo, insónias, desidratação e até a alteração do ritmo cardíaco.

“Com a sobrevalorização das restrições alimentares, onde o ato de comer se torna muito mais do que uma forma de nutrir o corpo e passa a ser um refúgio emocional, há mais probabilidade de compulsão alimentar e, consequentemente, sentimento de culpa. Por isso, podem acontecer distúrbios alimentares, como a bulimia ou a anorexia nervosa”, explica.

A boa notícia é que existe uma fórmula para viver de forma equilibrada e saudável, em que é possível perder peso e gordura corporal mas também desenvolver a capacidade de conseguir manter isso durante mais tempo. Mas atenção: o acompanhamento de um especialista é essencial.

1 - Estabeleça metas reais e razoáveis

Uma das principais razões para falharmos nas dietas é o facto de estabelecermos metas irreais. O ideal é sermos mais conscientes e planear objetivos de forma coerente. Desta forma, vamos atingi-los rapidamente e sentir-nos mais motivados.

2 - Dê um passo de cada vez

Pode parecer demasiado simples, mas ser paciente é a chave para o sucesso. Não deixe logo de comer doces e as suas refeições calóricas favoritas. Se o fizer, vai ser muito mais doloroso. O truque está em retirar maus hábitos e incluir os novos de forma gradual e constante. Para ajudar, pode criar um plano alimentar e apontar os alimentos que vai inserir na alimentação ao longo de cada semana.

3 - Mantenha-se ativo e faça exercício diariamente

Não adianta estar a seguir uma dieta se não faz o resto. Estamos falar do exercício, claro. No mínimo, deve fazer meia hora diária de exercício físico moderado.

4 - Evite ficar com fome

"Coma várias vezes ao dia, não devendo ficar mais de três horas sem comer. O truque está em fazer pequenas merendas entre as refeições principais para não se sentar à mesa com fome", aconselha a nutricionista.

5 - Liberte-se das “dietas restritivas”

Sejamos sinceros: ninguém consegue (nem merece) viver de dietas. Elas são vistas como uma solução temporária, "camuflando o real problema e aprisionando-o em restrições difíceis de manter". Por isso, esqueça e comece uma nova fase. Os resultados, muito provavelmente, vão ser mais lentos. Contudo, vai conseguir mantê-los durante muito mais tempo.

6 - Seja consistente

"Já foi comprovado várias vezes que o sucesso no cumprimento de uma dieta não se encontra apenas dependente da força de vontade de cada um nem das restrições envolvidas, mas sobretudo da capacidade inata que temos de nos comprometermos com algo. Ou seja, estamos a falar de ter disciplina e ser-se rigoroso com esse compromisso a longo prazo", alerta. Por isso, faça uma promessa consigo próprio ou com um amigo e não a quebre até ao fim.

7 - Procure a ajuda de um profissional

Bem sabemos que já o dissemos, mas reforçamos: procure a ajuda de um profissional e não faça este caminho sozinho. Segundo a especialista, quanto mais personalizada e adaptada for a alimentação/dieta à sua realidade, objetivos e estilos de vida, maior será a probabilidade do seu sucesso.

Fonte: NIT

Veja também

Músicas natalinas podem trazer mal à saúde19/12/17 Não é só impressão sua: as tradicionais músicas de Natal podem ter um efeito bastante negativo na nossa mente. “Então é Natal, e o que você fez?” As tradicionais músicas de Natal podem ter um efeito bastante negativo sobre as pessoas. O problema, é claro, não são as músicas em si. A repetição......
6 Atividades físicas que desestressam16/04 Fazer uma atividade física faz bem para o corpo e traz uma enorme sensação de bem-estar, nos sentimos com o corpo mais fortalecido e com mais disposição para a vida. É indicada para todos, crianças, senis,......
Saiba mais sobre o veganismo23/01 "No mundo de hoje, mais que em qualquer época anterior, os valores da paz, da não-violência, da justiça e da igualdade de direitos inspiram grande parte dos seres humanos. Ainda que a violência, a guerra, a......

Voltar para (NOTÍCIAS)