Postado em 11 de Dezembro de 2017 às 15h07

Carboxiterapia - Para que serve?

Saúde (82)

A carboxiterapia funciona por meio da inserção de gás carbônico na pele. Primeiro, ela elimina estrias e celulites. Seu princípio ativo ocorre porque, com a injeção de CO2 no corpo, a região aplicada se vasodilata. Ou seja, os vasos sanguíneos do corpo se tornam maiores, e assim permitem a melhor circulação do sangue. Com o sangue fluindo melhor, a pele suaviza as marcas ruins para a estética.

Algo semelhante ocorre quando a técnica é aplicada no rosto, para diminuição de linhas de expressão e olheiras. Neste caso, -porém, a vasodilatação é associada à produção de colágeno. Afinal, o gás carbônico injetado na pele também promove a maior produção do colágeno.

O colágeno é uma proteína que garante a firmeza e flexibilidade da pele, e é pela diminuição dele na pele que o corpo toma forma mais “flácida” com o avanço da idade.

Dr. Bem Estar - Seu Portal de Saúde! A carboxiterapia funciona por meio da inserção de gás carbônico na pele. Primeiro, ela elimina estrias e celulites. Seu princípio ativo ocorre porque, com a...

Finalmente, graças à vasodilatação e o colágeno, o paciente que adere à carboxiterapia também pode contar com a diminuição da flacidez da pele. Assim como com a redução de medidas, pois o CO2 ajuda na destruição das células de gordura localizada. Menos células de gordura, menos centímetros na cintura e quadril.

O gás carbônico é aplicado na pele por meio de fina agulha e um cilindro de CO2. A profundidade de inserção da agulha varia com o local indicado. Além do rosto e nádegas, pernas, pescoço, braços e abdômen também podem se beneficiar da alternativa.

Para o tratamento contra estrias, o CO2 é aplicado dentro da cicatriz, e a acaba rompendo as células que provocam a marca. Em seguida, a melhor oxigenação da região, provocada pela vasodilatação, promove a renovação das células e a consequente melhor aparência estética da pele. Já para o tratamento da celulite, a agulha é inserida entre a pele e a gordura localizada.

Os únicos mal-estares provocados pela técnica são momentâneos. Primeiro, no momento de inserção da agulha, o paciente pode sentir uma picada mais forte. A dor, porém, logo passa. Outro problema é a possibilidade de surgimento de pequenos hematomas, uma vez que vasos sanguíneos minúsculos podem ser rompidos no processo. Caso ocorram, porém, os hematomas podem ser tratados com uma pomada, e desaparecem em alguns dias.

Por todas essas vantagens, a carboxiterapia tem se tornado cada vez mais popular. São muitas as alternativas para a estética hoje, mas a técnica traz benefícios a todos os públicos!

Parceira de conteúdo - Bonita Mulher

Dr. Bem Estar - Seu Portal de Saúde! Finalmente, graças à vasodilatação e o colágeno, o paciente que adere à carboxiterapia também pode contar com a diminuição da flacidez da pele....

Artigo disponibilizado por Matheus Bertoluci, formado em Publicidade e Propaganda, especialista em vendas online.

Veja também

Juntos contra a Dengue!03/03/16 A QuantyVitta também apoia o combate e a prevenção da dengue. Vamos juntos lutar para combater o mosquito transmissor da doença. Segundo o site Dengue.org, “a melhor forma de se evitar a dengue é combater os focos de acúmulo de água, locais propícios para a criação do mosquito transmissor da doença. Para isso, é importante......
Benefícios do Betacaroteno23/02/16 O betacaroteno constitui um pigmento natural e o mais abundante do grupo dos carotenóides, presente nos alimentos. É encontrado, especialmente, em vegetais e frutas de cor amarelo-alaranjada e em vegetais folhosos de cor verde-escura. Nestes, a......

Voltar para (NOTÍCIAS)