Postado em 06 de Novembro de 2017 às 11h06

Cresce o número de homens em busca de tratamentos de beleza!

Beleza (43)

Mercado masculino movimentou R$ 19.6 bilhões em 2016.

Foi-se o tempo que vaidade e cuidados com a beleza eram exclusividade das mulheres. O Brasil ocupou, em 2016, a segunda colocação no consumo mundial de produtos específicos para o público masculino, com uma movimentação de R$ 19,6 bilhões. Os números são da consultoria Euromonitor.

Para melhor entender o mercado, o Instituto Qualibest ouviu 425 homens das gerações Z (13 a 20 anos) e X (35 a 45 anos), pertencentes às classes ABC de todas as regiões do Brasil, em julho de 2016 e apontou que 45% dos entrevistados se consideram supervaidosos e 54% frequentam regularmente salões e barbearia.

A pesquisa encomendada pela Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC) e apresentado em um workshop sobre o mercado masculino, também promovido pela associação, revelou alguns dos itens que têm ganhado cada vez mais espaço na casa dos brasileiros: perfume (81%), xampu e condicionador (64%), hidratante corporal (34%) e protetor solar (26%).

Tratamentos para o cabelo e a pele, agora também fazem parte da rotina masculina, já que 54% declaram ir ao cabeleireiro e 40% ao dermatologista, bem como realizar outros procedimentos que até então eram considerados do universo feminino, como limpeza de pele (39%) e depilação (24%).

Proprietário da Confraria da Barba em Copacabana, Rodrigo Lago conta que a maior procura no salão ainda é pelo serviço de barba. Mas a casa também oferece depilação, corte e tingimento dos cabelos, limpeza de pele, manicure e pedicure, todos com uma boa procura por parte dos clientes, de acordo com Lago.

Segundo pesquisa realizada em 2016 pela consultoria Mintel Group, produtos com embalagens retrô chamam mais atenção dos homens do que os demais itens nas prateleiras dos supermercados.

Tatiana Almeida é gerente do Werner Maison, em Ipanema. Ela afirma que a presença de homens no salão sempre foi alta desde sua inauguração há 20 anos e que os serviços mais procurados são nutrição capilar, cauterização a frio e pintura.

— Os homens não pintam o cabelo como as mulheres. Elem buscam apenas camuflar os fios brancos. Não é que elimine todos os cabelos brancos, mas disfarçará, dando um ar mais natural — explica Tatiana.

Fonte: O Globo e Instituto Qualibest

Veja também

O que é Dengue?24/02/16 A dengue é uma doença febril aguda causada por um vírus, sendo um dos principais problemas de saúde pública no mundo. O seu principal vetor de transmissão é o mosquito Aedes aegypti, que se desenvolve em áreas tropicais e subtropicais. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que entre 50 a 100 milhões de pessoas se infectem......
Conheça as doenças de outono!26/03 No dia 20 de março, inicia-se o outono. Nos despedimos da estação do sol radiante e do céu azul para adentrar neste período do ano onde as folhas são secas, o céu é nublado e o clima é mais......
Dia Internacional da Mulher: Elas Merecem!08/03/17 Hoje, dia 08 de março, é um dia muito importante para a história feminina, pois marca a luta feminina por melhores condições de trabalho, de saúde, de vida, sem preconceitos sociais, econômicos ou......

Voltar para (NOTÍCIAS)