Postado em 18 de Setembro de 2017 às 08h26

Hábitos alimentares que devem ser adotados na época da gravidez!

Alimentação (87)

Algumas mudanças à mesa fazem muita diferença no seu bem-estar – e no do bebê também!

Você está grávida! Agora, não é só o tamanho da sua barriga que vai mudar. Por dentro, seu corpo já começou a funcionar de um modo diferente. Para manter sob controle todas essas alterações, a nutricionista esportiva Ana Fornari, da Camomila Nutrição, de São Paulo, ensina o que a gestante deve comer e beber durante essa fase.

Coma menos e com mais frequência:

Azia, enjoo e mal-estar parecem ser sensações corriqueiras no dia a dia de uma grávida, principalmente no primeiro trimestre. Mas não precisa ser assim! Reduza o tamanho das refeições para evitar que esses desconfortos se tornem comuns e se alimente em intervalos mais curtos, como a cada duas horas.

Ganhe peso de forma saudável:

Esqueça a preocupação em manter o abdômen rasgado. A prioridade agora é o bebê. Só que quem já tem o IMC elevado (acima de 30) deve se segurar um pouco com os desejos para não somar mais de 9 kg nos nove meses. Já as mulheres com 18% de gordura podem engordar até 18 kg de forma saudável: com verduras, frutas, integrais, hortaliças. Aliás, os nutrientes e vitaminas são mais importantes que as calorias. Invista em gorduras boas (abacate, coco, peixe) e arroz e feijão, que são ricos em aminoácidos.

Veja Também: Gravidez: Nutrição em dose dupla!

Beba água, sempre:

Você não precisa ultrapassar os dois litros a que estava acostumada a ingerir. Mas tenha em mente que, durante a gestação, a hidratação se torna ainda mais importante: evita infecção urinária, ajuda a diminuir o inchaço e melhora a circulação (o volume de sangue aumenta nessa fase, assim como a pressão arterial).

Olhe o rótulo:

Evitar industrializados é um bom caminho para diminuir o inchaço, por causa da quantidade de sódio nesses alimentos. Já o açúcar deve ser controlado para evitar diabetes gestacional, que acontece até em mulheres que eram saudáveis antes da gravidez.

Reforce as vitaminas:

Além do ácido fólico (importante para o desenvolvimento neural da criança), a futura mamãe deve reforçar o consumo de ferro – lembra que o volume sanguíneo aumenta? – e de cálcio, por causa da formação dos ossos do bebê. Converse com seu médico sobre o assunto porque a suplementação deve ser personalizada.

Leia Também: Como contornar o desejo de comer doces na gravidez

Não exagere no café:

Por causa dos hormônios, você pode sentir mais cansaço – mas não adianta se entupir de cafeína. O estimulante até pode ser perigoso para sua saúde.

Fonte: Boa Forma Abril

Veja também

Mantenha a saúde durante a Copa do Mundo!14/06/18 É tempo de Copa do Mundo. O período envolve muita torcida, eventos, comemoração e alegria. Nesse ambiente de inúmeras opções de petiscos calóricos, bebidas e doces, as ofertas vão de cerveja e drinques diversos até fast-food e feijoada. Mas saiba que é possível torcer sem impactar tanto a saúde e ficar com peso na......
Outubro Rosa: autoestima influencia no tratamento de câncer22/10/18 Segundo o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA), estão sendo estimados 57.960 novos casos de câncer de mama este ano no Brasil. Em sua maioria, entre as mulheres, com 14.206 ocorrências, contra 181 por......
Fique alerta aos sintomas da Dengue!12/04/16 Depois da picada do mosquito com o vírus, os sintomas se manifestam normalmente do 3º ao 15º dia. Esse período é chamado de incubação. O tempo médio de duração da doença é de......

Voltar para (NOTÍCIAS)