Postado em 18 de Julho de 2018 às 10h08

Qual a importância do magnésio para quem pratica atividades físicas?

Boa Forma (61)
Dr. Bem Estar - Seu Portal de Saúde! O magnésio é de extrema importância para o nosso organismo, ele é responsável pelo funcionamento e equilíbrio das reações que ocorrem diariamente no...

O magnésio é de extrema importância para o nosso organismo, ele é responsável pelo funcionamento e equilíbrio das reações que ocorrem diariamente no nosso corpo. A carência desse mineral, prejudica e acarreta alterações na nossa saúde.

“O magnésio tem o poder de aumentar a atividade dos leucócitos (células de defesa) e fagocitose, destruição de micróbios, o que é um enorme aporte para a imunidade”, explica Maria Flavia Sgavioli, nutricionista da Estima Nutrição. Uma vez com deficiência do micronutriente, a defesa do organismo fica desestabilizada, deixando o indivíduo suscetível a gripes e outras patologias que consequentemente podem causar fadiga, cansaço, enjoo e perda de paladar e apetite.

Na corrida, sua falta pode ocasionar a câimbra: grande parte do magnésio é estocado nos tecidos, quando deficiente o músculo perde capacidade de relaxar em determinados momentos, causando uma contração muscular involuntária e dolorosa, conhecida como câimbra. “O magnésio tem responsabilidade de causar relaxamento de músculos e artérias. Uma vez que há quantidade insuficiente desse micronutriente, pode aumentar a pressão nos nervos, causando dormência e consequentemente formigamento”, afirma a nutricionista.

O magnésio também é indispensável para saúde óssea uma vez que quando em deficiência, há uma diminuição de osteoblastos (células do osso encarregadas de aumentar a densidade mineral óssea) e ainda aumenta a atividade de osteoclastos (células relacionadas a perda de massa óssea).

O magnésio (Mg) é o principal cátion intracelular com concentração livre no citosol, participando como co-fator em mais de 300 reações enzimáticas, como oxidação da glicose, podendo contribuir com a sensibilidade insulínica, sendo observado que quanto maior a ingestão menor a incidência de diabetes na população.

Em pacientes com doença coronariana, sabe-se que o magnésio exerce um papel importante na melhora da função endotelial, na supressão do espasmo coronário naqueles que apresentam angina e parece minimizar a trombose dependente de plaquetas. Estudos baseados em isquemia apontam para um possível efeito protetor do magnésio na perda auditiva, na preservação da função hepática e na perda neuronal. Entretanto, pouco se sabe sobre o papel deste íon no contexto da isquemia renal, bem como de suas repercussões.

Fonte: Amais e Webrun

Veja também

Como as mãos e as unhas mudam aos 20, 30 e 40 anos!21/07/17 Saiba quais cuidados a região exige com o avançar da idade! Cabelo branco e linhas de expressão com certeza estão no topo da lista dos sinais que a idade traz, mas você sabia que a região do corpo que mais se transforma durante a vida é a mão — e as unhas? Isso se deve à constante exposição ao sol, mudanças bruscas de......
Ingredientes juninos saudáveis!21/06/16 A gente adora festa junina! E adora também as comidinhas típicas de festa junina! Mas tentar reviver a tradição da roça na cidade nem sempre é tão fácil, porque para resgatar aquele sabor genuíno......
Dietas com restrição de sódio20/07/18 O sódio é um mineral presente em diversos alimentos, mas é constituinte principal do sal de cozinha (cloreto de sódio NaCl). Em quantidades excessivas, este mineral pode prejudicar a saúde. Mas você sabe porque? O......

Voltar para (NOTÍCIAS)