Postado em 20 de Março de 2017 às 10h50

Saudável e Bonita! Dicas para Cuidar da Pele no Outono e Inverno!

Beleza (44)
Dr. Bem Estar - Seu Portal de Saúde! O friozinho chega e já é possível sentir o ressecamento da pele, isto porque durante o outono e inverno, o vento frio e a baixa umidade podem ser nocivos à pele. Por isso, existem...

O friozinho chega e já é possível sentir o ressecamento da pele, isto porque durante o outono e inverno, o vento frio e a baixa umidade podem ser nocivos à pele. Por isso, existem alguns cuidados que são essenciais para mantê-la saudável e com uma boa aparência. Além de manter a pele macia e bonita, existem algumas medidas que ajudam a evitar problemas futuros.

Alguns quadros podem ser discretos e, às vezes, muito graves com infecções secundárias por bactérias, devido à coceira e às lesões na pele indica a dermatologista Márcia Grieco.

Os ferimentos podem ocorrer em consequência da desidratação e abuso de banhos muito quentes e demorados, que deixam a pele mais sensível. Segundo a médica, nessas ocasiões, o uso de buchas, esponjas, esfoliantes ou excesso de sabonete danificam o manto lipídico do nosso tegumento, que é uma barreira de gordura natural que não deixa a pele ressecar, perder água e ainda oferece uma flora benigna que protege contra infecções.

Uma das doenças decorrentes desse quadro são os eczemas: a pele fica extremamente ressecada e com áreas de vermelhidão e aspereza, sobretudo nos braços, pernas, e abdômen. É quando ocorrem as coceiras e a irritação.

As crianças, com pele mais delicada, muitas vezes, também apresentam a que denominamos de dermatite atópica (erupções que coçam e apresentam crostas), que surgem em áreas de dobras: cotovelos, joelhos e pescoço. Há ainda a vermelhidão e o ressecamento das bochechas e coceira nos olhos – alerta Márcia.

Outras doenças como psoríase, caracterizada pela presença de placas vermelhas com descamação na pele e no couro cabeludo, a dermatite seborreica, conhecida por caspa, também ganham destaque nessa lista. Para evitar todas essas condições indesejadas, a dermatologista dá preciosas dicas:

1 - Evite banhos muitos quentes e demorados.

2 - Não use buchas, esponjas nem esfoliantes durante o banho.

3 - Não tome banho de banheira e evite prolongar o tempo em baixo da água quente.

4 - Hidrate bem a pele após o banho.

5 - Evite o uso de cremes ou loção com corantes ou perfumes.

6 - Use sempre sabonete neutro.

Fonte: Revista Donna

Veja também

O que é Dengue?24/02/16 A dengue é uma doença febril aguda causada por um vírus, sendo um dos principais problemas de saúde pública no mundo. O seu principal vetor de transmissão é o mosquito Aedes aegypti, que se desenvolve em áreas tropicais e subtropicais. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que entre 50 a 100 milhões de pessoas se infectem......
Juntos contra a Dengue!03/03/16 A QuantyVitta também apoia o combate e a prevenção da dengue. Vamos juntos lutar para combater o mosquito transmissor da doença. Segundo o site Dengue.org, “a melhor forma de se evitar a dengue é combater os focos de......
7 dicas para mudar de atitude à frente do volante10/09 De repente, sem que se perceba, dirigir para qualquer canto se torna algo automático, mecânico, e você sequer presta atenção ao seu redor. Tudo fica irritante, chato. Ao final, esquece de conviver com os demais motoristas e,......

Voltar para (NOTÍCIAS)